• Home//Contato//Política de Privacidade//FEED//Atualizações por email//2013
  • Veja os peixes mais bizarros do mundo

    [Links Patrocinados]




    Peixe-Remo

     Peixe-Remo-os peixes mais bizarros do mundo


    O peixe-remo (Regalecus glesne) é uma espécie rara que vive em águas profundas. Ele pode chegar a 17 metros de comprimento, e só costuma ser visto quando está morrendo e sobe à superfície.

    Veja um vídeo gravado no Golfo do México por meio de uma máquina não tripulada.


     

    Blobfish (Psychrolutes marcidus)


    Blobfish-os peixes mais bizarros do mundo<br />


    Esse peixe, uma mistura de “Lula Molusco” com o “Ditto, do Pokémon”, vive na costa sudeste da Austrália. Essa criatura corre risco de extinção, ele não é comestível, mas está sendo capturado junto com camarões e lagostas nas águas profundas entre Austrália e Nova Zelândia.


    Tubarão-Cobra


    Tubarão-Cobra-os peixes mais bizarros do mundo


    Essa espécie primitiva de tubarão vive entre 600 e mil metros de profundidade, o que é mais fundo do que seres humanos podem ir. Essa espécie é muitas vezes chamada de "fóssil vivo" por ser primitiva e ter mudado pouco.

     

    Diabo Negro (Melanocetus johnsonii)


    Diabo Negro-os peixes mais bizarros do mundo


    É uma espécie de peixe encontrada em todos os oceanos, porém, em profundidades que variam entre 100 e 2 mil metros. É capaz de atrair suas presas com uma falsa isca, uma espécie de saliência luminescente que se agita sobre a cabeça.


    Peixe Sol (ou Lua)


    Peixe Sol-os peixes mais bizarros do mundo


    Este é considerado um dos maiores peixes do oceano. Ele é pacífico e muito curioso.


    Peixe-Ogro


    Peixe-Ogro-os peixes mais bizarros do mundo


    Vive entre 500 e 5 mil metros de profundidade e chega a ter até 18 centímetros. Seus grandes dentes impedem que o peixe feche completamente a boca.


    Lula-Gigante

     Lula-Gigante-os peixes mais bizarros do mundo


    A Lula-Gigante é um cefalópode da ordem Teuthida, conhecido por ser o segundo maior invertebrado existente na terra, perdendo apenas para a lula-colossal. As oito espécies do género habitam as profundezas dos oceanos e podem atingir comprimentos de 10 metros para os os machos e 13 metros para as fêmeas, medido desde a barbatana caudal à ponta dos tentáculos. A lula-gigante tem ainda um dos maiores olhos de todas as criaturas vivas, apenas ultrapassado pelo da lula-colossal.

    Bookmark and Share