• Home//Contato//Política de Privacidade//FEED//Atualizações por email//2013
  • Kuwait condena jovem de 26 anos a 10 anos de prisão por blasfêmia no Twitter

    [Links Patrocinados]




    Um jovem de 26 anos foi condenado a  10 anos de prisão, segundo o tribunal ele colocou em risco a segurança da nação ao ter insultado o profeta Maomé e os governantes sunitas da Arábia Saudita e do Barein em redes sociais, disse seu advogado.

    Hamad al-Naqi, mulçumano xiita, afirmou ser inocente e disse que não publicou as mensagens e que sua conta no serviço de microblogs Twitter foi invadida.

    A sentença foi a pena máxima que Naqi poderia ter recebido, disse seu advogado, Khaled al-Shatti, à Reuters.

     

    Via.

    Bookmark and Share